As cinzas são entregues a família, que adquire uma urna cinzária (tipo vaso), que pode ser de porcelana, vidro, madeira ou acrílico. Dependendo do desejo do ente querido em vida, a família pode desde espargir as cinzas em um rio, mar ou em uma árvore, colocá-la em um pingente ou jóia personalizada ou quardar em casa em local adequado. Se preferir, a família pode ainda deixar a urna no Columbário (local de guarda das urnas cinzárias) do Memorial VIDA.